quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Lar Doce Lar - A escolha do apto

de de
Lar Doce Lar é uma série de posts que demostram o desenvolvimento da decoração do meu Lar Doce Lar, seja bem vindo para acompanhar a transformação desde a compra, passando pelas escolhas de acabamento e móveis até a decoração das ultimas coisas (que convenhamos, nunca acaba né!).

Depois que noivamos oficialmente, começaram os preparativos para o casamento e para termos um cantinho para chamar de nosso. Quem já procurou apto sabe o quanto é difícil esta escolha, você visita vários, uns o preço é melhor, outros a localização e outros o apto em si. É realmente complicado achar um que se encaixe em todos os aspectos.

Lar Doce Lar - A escolha do apto

Para dificultar um pouco mais, meu noivo estava trabalhando em Porto Alegre num cliente, e eu aqui em Joinville visitando os aptos. Para não ir sozinha e ter mais opiniões, levava meus pais juntos, aliás esta é uma dica muito boa, sempre leve umas duas pessoas junto com você, cada um acaba olhando para coisas diferentes e eles te ajudam a perceber coisas que, se fosse sozinha não teria notado.

Visitei vários, mas nenhum atendia ao que queríamos, ou eram muito pequenos ou acima do valor que poderíamos pagar. Um dia resolvi pesquisar no site da imobiliária vários que se adequavam ao que a gente pretendia, e quem já pesquisou sabe que eles colocam pouca informação, então fui mais por valor, metragem e localização, acabei com uma lista de 22 aptos (uau!). Quando enviei a lista para o meu noivo ele achou um exagero, falou que seria besteira visitar todos e talz, mas mesmo assim mandei a lista pro corretor e apenas salientei que só queria visitar os que tivessem elevador e sacada com churrasqueira (que eram as nossas exigências primordiais), e  PASMEM...apenas DOIS, pois é isso mesmo, de uma lista de 22, apenas DOIS aptos tinham elevador e churrasqueira na sacada.

Fui ver os dois selecionados e não deu em nada, um tinha uma sala que ou você colocava a mesa ou o sofá, os dois não iriam caber de jeito nenhum, o outro tinha churrasqueira, mas num tamanho péssimo, acho que cabia só um bife por vez. No final de semana, meu noivo conseguiu agendar uma visita com outra corretora, gostei mais dessa, era mais atenciosa e prestativa, isso também é outra dica válida, consulte ao menos 2 corretores de rede de imobiliárias diferentes, novamente são dois ponto de vista diversos que ajudam na procura.

A princípio estávamos vendo somente aptos prontos para morar, mas como ela entendeu bem o que queríamos, nos mostrou dois que estavam sendo vendidos na planta mas que se encaixavam perfeitamente com as nossas condições.

Acabamos optando por comprar um na planta, ainda que com valor acima do que pretendíamos, afinal colocamos na balança e achamos melhor pagar um pouco e ter um apto que poderíamos ficar por um bom tempo, do que economizar na compra e depois já ter que procurar outro. Acho que para nós, esta foi a melhor decisão, afinal vendo agora o quanto investimos no apto tenho certeza que no outro não colocaríamos tanta coisa e não ficaria com a nossa cara realmente.

Lar Doce Lar - A escolha do apto

Comprar apto na planta tem o lado negativo de você ter muita paciência até ele ficar pronto, mas tem o lado positivo de já conseguir deixar ele com a sua cara desde o começo, podendo tirar parede, escolher os pisos, azulejos, gesso, etc. No nosso caso não alteramos muito as divisões e paredes, a planta original já era muito boa e somente tiramos as paredes da cozinha, fazendo integração com a sala de janta e de tv. Atualmente estão usando muito desta forma, e nós adoramos, assim além de dar uma impressão de ambiente maior, não fica ninguém excluído lá na cozinha.

Fiquei impressionada que nos outros aptos ninguém fez o mesmo (na época da construção sempre passávamos nos outros aptos para ter mais idéias e ver outras possibilidades) mas ninguém alterou tanto quanto a gente (isso que a gente mudou pouco). Trocamos a parede por uma ilha com armário e bancada de lanche rápido, assim ganhamos mais espaço para guardar as coisas também, ótima dica para espaços pequenos.

Agora eu quero saber de vocês, quem já passou pela escolha do apto?
Se quiserem posso fazer um post só com dicas para quem está nesta fase, escrevam nos comentários que eu faço se vocês quiserem.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Eu amoooooo posts sobre casa/apartamento, ainda mais agora que tô noiva também e to nesse clima de casamento. Vou adorar acompanhar cada passinho seu. Graças a Deus eu não precisei escolher apartamento à força, porque nunca gostei. Sempre preferi casa, tanto que vou construir a minha.

    Quero acompanhar suas postagens <3
    Beijo,
    www.keepcamy.com

    ResponderExcluir
  2. Camy, pretendo colocar muitos posts sobre o assunto, descrever tudo o que passamos, as escolhas boas e as ruins, o que faria diferente e o que não, tudo isso e muito mais por aqui.
    Atualmente o apto é a melhor escolha para nós, mas não descartamos uma casa para daqui a muitos anos, ou quem sabe uma casa de praia.
    Vou adorar te ter por aqui! Seja sempre bem-vinda! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Fabrise, adoro esses assuntos, porque também estou noiva!
    Não precisamos passar por essa etapa de escolher apto, porque já temos a casa. Mas estamos reformando ela e, olha.. te dizer, viu? Eu acho que preferia escolher um apto e comprar já pronto do ter que passar pela reforma! Ô coisa pra comer dinheiro e para não ter fim nunca é uma reforma!

    Adorei seu blog!
    Beijinhos :)
    Bru Santos ♥
    www.queseame.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Bru, nossa sei bem como é passar por reforma, no apto dos meus pais reformamos morando nele 7 vezes, dá muito trabalho e estresse, mas nofinal tudo vale a pena, pensa nisso!
    Um beijos, Fabrise.

    ResponderExcluir